Domingo, 16 de Abril de 2006

...

A época de Páscoa que estamos a viver é propícia para encontros entre Ruivanenses que não vemos há muito, aproveitando para pôr a conversa em dia, saber novidades da família que está longe e como corre a vida dos nossos conterrâneos que infelizmente têm que estar longe para ganhar a vida.

Numa dessas conversas que tivemos com um viewer deste nosso sítio, ele dizia-nos que faltava qualquer coisa a este nosso espaço, pois um amigo dele havia consultado para tirar informação e tinha achado insuficiente.

Obviamente desculpamo-nos com a falta de tempo e que este nosso espaço é para relatar as poucas notícias do que vai acontecendo cá pela Vila, mas as sugestões e as criticas devem ser atendidas, no sentido de melhorar este espaço que é de todos os Ruivanenses. Obrigado.

 

No caso em apreço, o que se falava é que não havia informação suficiente sobre a Ponte da Misarela; decidimos ir à procura e encontramos a página, não oficial, da Serra mais espectacular de Portugal (para eles), onde vemos à primeira vista um erro quando tem na informação técnica da ponte que ela fica situada no lugar de Sidrós, freguesia de Ferral do concelho de Montalegre. Já mencionamos que esta má informação ocorria com frequência; a Ponte da Misarela tem uma das suas margens no lugar de Sidrós e a outra no lugar de Frades da freguesia de Ruivães. Aliás, a Ponte da Misarela foi durante séculos o ponto de passagem entre as duas freguesias, ou melhor, entre o Minho e Trás-os-Montes. Podemos também consultar a Lenda da Ponte da Misarela neste sítio, mas o que ele tem de mais engraçado é o relato na primeira pessoa de um passeio à ponte.      

 

Bem, admitimos que esta foi uma reacção ao comentário – ou critica, como lhe queiram chamar – mas prometemos que tentaremos ter mais tempo para nos dedicarmos ao desenvolvimento deste nosso espaço, esperando como sempre da Vossa colaboração, com comentários, sugestões e criticas que são sempre bem-vindas.

 

BOA PÁSCOA!!!

pontos de interesse: ,
Vila de Ruivães às 01:02

| deixar comentário