Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009

Arco (pormenores)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

pontos de interesse:
Vila de Ruivães às 08:00

| deixar comentário
4 comentários:
De João Ribeirinho Leal a 2 de Fevereiro de 2009 às 08:39
Aqueles que nos precederam no encadeado das gerações, legaram-nos excelentes obras de arte que, com o rodar do tempo, se transformaram em monumentos.
Penso, por exemplo, no Aqueduto das Águas Livres, em Lisboa, no Aqueduto da Amoreira, em Elvas ou no Aqueduto de Pegões, em Tomar.
A função do Arco de Ruivães era a mesma (condução das águas) e, ainda que mais pequeno, é igualmente uma jóia arquitectónica que gosto de virtualmente admirar.
De amadeu bras da costa a 2 de Fevereiro de 2009 às 10:07
Boas fotografias ! que devem nos tornar mais respeitosos dos nossos monumentos .Bem visto Paulinho e continua o teu trabalho de utilidade publica.
De danimelo a 2 de Fevereiro de 2009 às 17:36
mais uma vez veijo o arco e ao fundo o telhado da minha casa
De alguém que não deixou o nome a 14 de Fevereiro de 2009 às 20:49
acho que as pessoas se deviam identificar pelo proprio nome.....

Comentar post