Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

Moinho

 

 

pontos de interesse: ,
Vila de Ruivães às 20:00

| deixar comentário
2 comentários:
De Ruivanense Adoptivo a 11 de Novembro de 2008 às 21:32
Belíssima imagem de um moinho que, embora desactivado e algo degradado, ainda se impõe no seu perfil altaneiro.
Quem bem perscrutar de certeza que há-de ouvir a mó, movida pela água, moendo o cereal que dava a farinha que, depois, era gasta no fabrico do pão. A mó de vez em quando tinha que ser "picada" para melhor moer e existia uma peça de metal ou madeira - o tangedouro - que indicava o andamento da engrenagem.
Também é fácil imaginar o moleiro e o dono do cereal a moer, juntamente com os bois ou outros animais que traziam o cereal quando este era em maior quantidade.
Enfim, cenas bucólicas que hoje povoam o nosso imaginário e ecoam na nossa memória... mas que seria interessante recriar para que os mais velhos os não esqueçam e para que os mais novos saibam como era a vida de outrora.
Lá está a água jorrando impetuosamente, de certeza que lamentando não ser já útil ao homem que agora vai à padaria ou ao centro comercial e traz de lá um pão de inferior qualidade.
as pedras são sempre lindas e entabulam um diálogo interessante com os que as sabem escutar e compreender.
Muito obrigado
De ruivanense da treta a 28 de Novembro de 2008 às 22:01
Penso que este está a funcionar.

Comentar post