Quarta-feira, 1 de Outubro de 2008

Reabertura do ano lectivo

 

 

 

 

 

 

 

 

Antigamente o ano lectivo iniciava neste dia, agora, ao tempo que se publicam estas fotografias - 27 de Fevereiro de 2008 - não se sabe se a escola da Quintã vai reabrir para o ano lectivo 2008/2009.

Na altura em que estas palavras estiverem a ser lidas, será melhor rectificar este artigo!

 

Entretanto, aos alunos de Ruivães, um excelente ano escolar.

pontos de interesse:
Vila de Ruivães às 08:00

| deixar comentário
3 comentários:
De ermelinda silva a 2 de Outubro de 2008 às 20:30
As crianças são as pérolas da sociedade hodierna.
Por aqui passaram experiências de crescimento que nenhum Manual de Psicologia consegue mostrar.
É por isso que ao ver uma Escola, mesmo com poucos alunos, as lembranças da nossa infância correm céleres e ajudam-nos a recriar "a criança " que cada um trás dentro de si, umas vezes amarfanhada, outras vezes, resgatada e livre.

Eu andei na antiga Junta. Foi a geração dos 40-50 anos!

Outra geração já se fez nesta escola nova que fica na Quintã.

No ano lectivo anterior, no meu horário lectivo, fui fazer substituições de professores em falta aos 5º e 6º. anos (eu de Filosofia)! Como dei Catequese quase toda a vida, essas aulas foram para todos maravilhosas.
As crianças são puras; os adultos podem moldá-las. Não têm maldade.
Não estraguemos o futuro da humanidade!
Bom ano lectivo para Pais, Alunos, Professores e Funcionários!

Quem sabe, um dia destes, não longe no tempo, poderei fazer voluntariado social neste edifício?
De ruivanense de coração a 3 de Outubro de 2008 às 20:12
quem me dera sentir o mesmo...
também sou professor e pela primeira vez estou a descobrir a falta de pureza de algumas crianças que trazem para a escola a violência, a falta de educação e de saber estar e conviver em sociedade. Ainda agora o ano começou e já me sinto sem forças para os moldar. Estratégias têm sido muitas e variadas, mas parece que ali nada resulta. Talvez por serem crianças da cidade e nunca tenham aprendido ou descoberto dentro de si a pureza de ser criança. tal como se vê num meio muito puro e reservado como o do nosso querido Ruivães. Desculpem este desabafo, mas o desânimo e o desalento de ser professor neste país e naquela escola em particular é muitooooooooo grande
De ermelinda silva a 4 de Outubro de 2008 às 18:07
Depende uma boa parte de nós fazer uma "biópsia" à turma porque cada professor é o actor, tem de representar muitas vezes por dia.
Mas, há horas de verdade, muitas horas... em que o professor deve transmitir uma atitude positiva e alegre nem que esteja a "cair de cansaço". Pedem-nos isso, sobretudo as crianças.

A maldade do coração é tão velha como a humanidade. Lá diz o Salmo:" A maldade fala ao ímpio no seu coração/a seus olhos não existe o temor de Deus./Mas a si próprio se ilude/..."

Cabe-nos ser bons e desprezar o mal, a falta de educação; o professor é educador e deve insistir, insistir...porque lá diz o povo:"quem semeia, colhe".

Na minha experiência como professora o que vale a pena são os alunos e muito poucos os colegas(são muitos mas anda cada um por si...); é na sala de aula que me realizo, que aprendo e ensino, que se faz festa no meu coração e ajudo os outros a tê-la, transmitindo-lhe os conhecimentos, dispensando muito do meu tempo para os ouvir, mesmo fora das aulas.

Quando me retirar serei daqueles que vou ter saudades, muitas saudades do respirar de uma Escola. Talvez possa falar assim e viver o que digo porque sou professora por vocação, tirei o curso que queria e fui correr o País de mala às costas rodopiando em volta da Família, dos amigos e da Igreja(onde dei grande parte da minha vida).

Dou graças a Deus por me ter feito professora e, quando me sentia sem forças, retirava-me para o silêncio de um sítio de paz(não tive filhos e marido, também não), o que me deixava muito tempo para a Escola.

Tive experiências maravilhosas. Ainda tenho essa novidade no meu dia a dia... e o estudo, a investigação, o trabalho sempre muito, nunca me cansaram.

Por isso, amigo Ruivanense de Coração, tem de ser corajoso, alegre e feliz e passar esse testemunho.

Como no Evangelho:" Ai de mim se eu não evengelizar!".

Bom ano lectivo e muita paz, saúde e sabedoria, okei?


Comentar post