Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Casa do Dr. Tavares

 

 

 

 

pontos de interesse:
Vila de Ruivães às 08:00

| deixar comentário
4 comentários:
De alguém que não deixou o nome a 12 de Maio de 2008 às 11:18
Mais uma vez dizemos a mesma coisa.
Pena que esta casa esteja fechada
Tanta historia dentro destes muros!!!
De turista a 12 de Maio de 2008 às 21:08
ainda me lembro desta homenagem era bem peqenino :D
De ruivanense de coração a 13 de Maio de 2008 às 23:28
É o mal da nossa terra, fazem-se as homenagens, fica o dever cumprido e alma tranquila. Não chega!
Ano após ano, as coisas continuam na mesma. Por que razão não se investe e mostra o que de bom há na terra. Apenas um pequeno desafio... Alguém que se dirija à escola e pergunte a cada um dos alunos se sabe quem foi este grande homem. Tão esquecida está a nossa história e tão esquecida a boa gente que passou e muito deu a Ruivães! É preciso fazer mais, muito mais pela nossa terra.
De giesta a 24 de Maio de 2008 às 21:04
É de facto uma pena pertencer a uma Terra de um povo de dura cerviz(como disse Moisés a Deus). Ninguém dá o que não tem. Quero dizer que fazem as coisas à maneira do seu saber fazer.
É verdade que as homenagens são mesmo só fogo de vista. É como pode ser.
A única forma de não deixar morrer alguém da Terra é deixar algo escrito porque esse escrito irá para o Arquivo da Torre do Tombo na Biblioteca Nacional de Lisboa e para as Bibliotecas para onde for enviado e vai perpectuar a lembrança da pessoa.
De outra forma, as placas cairão como as casas e as pessoas que nos fizeram tanto bem, morrerão para um povo de dura cerviz a quem deram o melhor das suas vidas.
É por isso que nada melhor do que um registo escrito donde façam parte o painel dos que nos honraram.
Ousem investigar e escrever.

Comentar post