Terça-feira, 1 de Março de 2005

Mutilado de Ruivães

0037tfbp

 

 

 

O Mutilado de Ruivães é um romance que retrata um pouco do que foram as lutas contra as Invasões Francesas de Napoleão. Como os próprios autores do livro referem na sua Nota Prévia, ela tem “imensos defeitos, porque eles nem são romancistas nem historiadores”, no entanto o livro retrata as Invasões vividas pelas gentes da nossa Vila de Ruivães e é de leitura obrigatória para qualquer Ruivanense. Para aguçar o apetite, segue-se uma pequena citação da sua Nota Previa, que apesar de escrita em 1980, continua actual.

 

A história das pequenas terras vai ficando esquecida diante de certos fenómenos sócio-económicos, derivados do urbanismo avassalador; apagam-se da lembrança dos homens os feitos dos seus antepassados; olvidam-se os fastos de outrora; morre a gesta da tradição, a prática das virtudes ancestrais, a nobreza dos bons costumes regidos na austeridade de princípios morais ainda hoje indiscutíveis, que foram as pedras com que se construiu a Nação, a fizeram grande e a levaram a expandir-se pelo Mundo. Morreu no coração dos homens a poesia que envolve as coisas belas que o Passado nos legou; secaram-se as fontes que nasciam da alma e corriam límpidas para o mar da fantasia e do sonho, mas que ajudavam a viver.

 

pontos de interesse:
Vila de Ruivães às 12:05

| deixar comentário